Fundos de investimento têm resgate líquido de R$ 11,9 bi em novembro

Segundo dados da Anbima, a entrada líquida de recursos nos fundos no acumulado do ano ficou em R$ 14,3 bilhões

Fernanda Guimarães, O Estado de S. Paulo

08 Dezembro 2014 | 10h31

O investidor mais resgatou recursos do que investiu em fundos em novembro. A indústria de fundos registrou resgate líquido de R$ 11,9 bilhões em novembro, de acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima). Com isso, a entrada líquida de recursos nos fundos no acumulado do ano ficou em R$ 14,3 bilhões.

Os fundos multimercados foram a categoria que mais apresentou resgate no mês passado, com saída líquida de R$ 6,2 bilhões. Segundo a entidade, esse resgate aconteceu primordialmente de fundos pertencentes a clientes corporate. Em seguida ficou o referenciado DI, com resgate líquido de R$ 5,2 bilhões e do renda fixa, com -R$ 2,3 bilhões. No acumulado de janeiro a novembro, o fundo que mais registrou saída líquida de recursos foi o de renda fixa (-R$ 29,6 bilhões) e os Multimercados (-R$ 28,2 bilhões).

Na outra ponta, a maior captação líquida no mês passado foi verificada no fundo previdência, com R$ 4 bilhões. No acumulado do ano essa categoria captou (líquido) R$ 25,4 bilhões, só perdendo para o Referenciado DI, que teve entrada líquida de R$ 49,6 bilhões no intervalo citado. Segundo a Anbima, a boa captação dos fundos de previdência confirma a tendência de crescimento sazonal da captação de recursos previdenciários no final do ano.

Em relação à rentabilidade, os multimercados trading tiveram alta de 2,76% no mês passado, liderando os ganhos no mês. Os multimercados macro registraram alta de 2,28%, seguido dos multimercados multiestratégia, com ganho de 1,95% no período. No ano, o líder de rentabilidade também foi o multimercados trading, com 15,89%, seguindo dos multimercados estratégia específica, com alta de 13,82% e do Renda Fixa Índices, com 13,02%.

Levando-se em conta todas as categorias, o único a ter rentabilidade negativa, tanto no mês quanto no acumulado do ano foi o Ações Small Caps, com perda de 0,18% em novembro e de 4,91% de janeiro a novembro. 

Mais conteúdo sobre:
fundosinvestimentoAnbima

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.