Fundos DI: ganho 16% superior à poupança

Os fundos de investimento de renda fixa pós-fixados (DI) que acompanham as taxas de juros, obtiveram um ganho superior de até 16% em relação à caderneta de poupança, nos últimos três anos. Esse é o resultado de um estudo elaborado pela Invest Tracker que comparou a rentabilidade da poupança e dos fundos DI desde 1997. A poupança tem um forte apelo entre os pequenos investidores, porque oferece correção pela variação da Tara Referencial (TR), mais 0,5% de juro ao mês, além da garantia de R$ 20 mil oferecida pelo governo em caso de problemas financeiros com a instituição onde os recursos estão depositados. Mas os fundos de renda fixa pós-fixados vêm ganhando esse mercado por oferecer produtos para os mais diversos perfis. Segundo a Invest Tracker, existem atualmente 205 fundos que não exigem investimento mínimo inicial. O estudo levou em consideração uma aplicação inicial de R$ 1.000,00 em janeiro de 1997 e depósitos mensais de R$ 100,00 até dezembro de 2000. O saldo final obtido pela poupança foi de R$ 7.648,32. Nos fundos, já descontando o Imposto de Renda, o mesmo saldo seria de R$ 8.013,96, um ganho superior de 5%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.