Fundos imobiliários movimentam mais de R$ 4 bi até o fim de maio

Montante já é maior que os R$ 3,59 bi movimentados em 2012; já há mais de 100 mil investidores

Gabriela Forlin, da Agência Estado,

11 de junho de 2013 | 13h20

SÃO PAULO - Os Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs) movimentaram mais de R$ 4 bilhões até o dia 31 de maio, de acordo com dados da BM&FBovespa e da Comissão de Valores Mobiliários. O montante já é maior que os R$ 3,59 bilhões movimentados em todo o ano passado, em 316.023 negócios.

O ano de 2013 conta com 11 novos FIIs registrados e autorizados para a negociação, totalizando 104 produtos, segundo Paulo Cirulli, gerente de produtos imobiliários da BM&FBovespa. "Além disso, ultrapassamos a barreira dos 100 mil investidores, somando 103.149, o que representa um crescimento de 127% em 12 meses", destaca.

De acordo com ele, o patrimônio dos FIIs está em R$ 30 bilhões, e o valor de mercado destes fundos teve alta de 88% nos últimos 12 meses até maio.

O diretor da XP Investimentos e coordenador da Câmara Consultiva do Mercado Imobiliário da BM&FBovespa, Rodrigo Machado, ressalta que, em 2011, os investidores em FIIs totalizavam apenas 25 mil. "É um crescimento muito representativo, e a meta agora é atrair investidores institucionais e estrangeiros, dado que dos 100 mil, 98% são Pessoa Física", diz, defendendo que isso aumentaria "substancialmente" a liquidez e o volume destes produtos, possibilitando aos investidores a opção de sair do fundo via mercado secundário.

Machado ressalta que o aumento da taxa de Selic não impacta estes fundos. "Pode ter alguma influência, mas não é um fator decisivo, pois não impacta diretamente essa indústria", diz.

Tudo o que sabemos sobre:
fundos imobiliariosinvestimentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.