Furlan acredita em valorização do dólar no segundo semestre

O ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan afirmou hoje em Lisboa que a taxa de câmbio deve se elevar nos próximos meses, garantindo a competitividade das exportações: "É previsível que no segundo semestre haja uma acomodação do dólar em um nível mais alto", afirmou. Ele não fez projeções sobre o nível em que ficaria a moeda norte-americana. Segundo Furlan, as exportações deverão atingir a meta prevista de US$ 68 bilhões no ano, mantendo o nível de exportações do segundo semestre do ano passado. "Alguns setores deverão ter redução, como calçados, açúcar, produtos siderúrgicos, combustíveis e óleos?, afirmou. Ele está em Portugal para participar da formação da Associação de Dirigentes de Vendas de Portugal, e vai se integrar a comissão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que começa sua viagem pela Europa amanhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.