Furlan anuncia ampliação da Câmara e criação de Conselho

O ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, disse na cerimônia de lançamento da política industrial, que a Câmara de Política Econômica, que se reúne semanalmente, deverá ser transformada a cada dois ou três meses em uma Câmara de Política de Desenvolvimento a ser presidida por Lula. Ele anunciou também a criação de um Conselho de Desenvolvimento Industrial, com representantes do governo, empresários e trabalhadores, que será o interlocutor para implantação da nova política. Ele acrescentou que o Conselho foi sugerido pelos empresários e aconselhou que eles continuem pressionando o governo "para que as coisas andem". Furlan acrescentou que a globalização "é uma palavra estranha" e para alguns é até um palavrão, mas disse que o Brasil está com um programa positivo de inserção externa. Ele anunciou, entre outras medidas, um programa de reestruturação e modernização da política aduaneira, que deverá beneficiar principalmente o setor de semicondutores.

Agencia Estado,

31 Março 2004 | 12h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.