carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Furlan diz que ainda pode ser enquadrado por Lula

O ministro do Densenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, citou o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, para definir o dólar ideal para as exportações: "Como diz o Palocci, é o mercado que vai determinar o dólar ideal para o Brasil", afirmou Furlan. Segundo ele, as exportações continuam atraentes e cerca de 20% acima do verificado no ano passado. Além disso, a queda da inflação diminuiu os custos de produção, deixando os preços mais competitivos para o comércio exterior. Justitificando o evidente recuo de suas opiniões sobre o câmbio - Furlan até a semana passada considerava um câmbio abaixo de R$ 2,90 desasatroso para as exportações -, o ministro disse que não foi "enquadrado" pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva por suas declarações sobre o câmbio, mas admitiu que ainda poderá ser. "Vou ter uma reunião com o Lula hoje às 17h. Pode ser que ainda seja enquadrado. Mas o fato é que o presidente aprecia resultado e o comércio exterior tem apresentado muito bom desempenho, incluindo a geração de 600 mil empregos", disse.

Agencia Estado,

12 de maio de 2003 | 13h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.