Furlan mantém viagem à África apesar da desistência de Lula

Apesar do cancelamento da viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à África, o ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, irá manter a programação ao continente. Ele coordenará a missão empresarial que embarca para a África do Sul na terça-feira.O Itamaraty informou que as equipes encarregadas de verificar os detalhes da viagem de Lula não chegaram a embarcar. Todos os embaixadores dos cinco países que receberiam a visita de Lula - Moçambique, África do Sul, Namíbia, São Tomé e Príncipe e Angola - foram comunicados do adiamento da viagem para novembro. O presidente da Agência de Promoção das Exportações (Apex), Juan Quirós, já está na África do Sul organizando a chegada da missão comercial. Segundo nota da Apex, a missão levará quatro consórcios de exportação, seis entidades setoriais e 18 empresas que já têm encontros de negócios agendados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.