Furlan prevê exportações menores em alguns setores

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan informou hoje ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva que em alguns segmentos da economia vão ocorrer queda de exportações neste semestre. Citou como exemplo uma redução de 12% nas exportações de produtos que têm valor agregado na indústria siderúrgica. Na avaliação de Furlan essa queda será compensada pelo aumento dos preços dos produtos no mercado externo.Furlan apontou ainda números que indicam o crescimento de 13% nas vendas para o mercado interno do setor siderúrgico e de 30% nas exportações de produtos de aço.O ministro contou que o presidente Lula receberá amanhã, em Brasília, representantes das multinacionais Motorola e Delphi, para discutir investimentos desses grupos no País. Furlan informou que embarcará para o norte da Europa no próximo sábado para convencer matrizes de empresas da Noruega, Suécia, Finlândia e Inglaterra a apoiarem investimentos de suas empresas no Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.