Furlan reforça expectativa de queda da Selic

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, disse hoje acreditar que o Comitê de Política Monetária (Copom) deverá reduzir a taxa básica de juros, a Selic, na reunião que começa amanhã e termina na quarta-feira. "Devemos ter uma redução", disse o ministro que não quis entrar em detalhes sobre o percentual de redução. "O ideal é o que o presidente Lula falou: até um dígito em termos reais", afirma.ExportaçõesEle também afirmou que o governo está fazendo sua parte para atingir a meta de exportar US$ 100 bilhões até o fim do governo. Uma das principais medidas nesse sentido, disse Furlan, é a desburocratização do processo de exportação. Segundo o ministro, nos próximos dois dias o governo irá baixar uma portaria para simplificar a legislação de comércio exterior, que tem 350 normas entre leis, avisos e memorandos. "Vamos reduzir essas normas pela metade, para cerca de 160/170".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.