Furlan se encontrará com empresários e autoridades na Alemanha

Empenhado em reduzir o déficit no comércio bilateral, que chegou a US$ 1,121 bilhão no ano passado, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, estará na Alemanha na próxima segunda-feira. Estão programados contatos com empresários e autoridades do governo. O principal evento da agenda do ministro é o encontro econômico Brasil-Alemanha, em Berlim, do qual participam cerca de 400 empresários brasileiros e alemães.Furlan deverá encontrar-se na segunda-feira pela manhã com o ministro da Economia da Alemanha, Michael Glos. Em seguida, participa da abertura oficial do encontro empresarial, num painel chamado "As perspectivas de cooperação econômica entre Brasil e Alemanha". No mesmo dia, ele almoça na confederação da indústria alemã (BDI) e se encontra com o diretor financeiro da ThyssenKrupp Steel, Peter Urban. Furlan ainda vai encontrar-se com a diretora da Agência Alemã de Cooperação, Doris Thurau. À noite, ele participa da cerimônia de entrega do prêmio "Personalidade Brasil-Alemanha".Na terça-feira, o ministro participará da reunião plenária da comissão mista Brasil-Alemanha e de almoço oferecido pelo chefe da delegação alemã, Bernd Pfaffenbach.Programada há dois anos, a ida de Furlan previa um cenário mais positivo para o futebol brasileiro e alemão. O ministro seguirá para a Alemanha no sábado, e assistirá à final da Copa com ingressos fornecidos pela Câmara de Comércio Brasil-Alemanha. Na época, a expectativa era que a final seria disputada entre os dois países.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.