Furlan vai antecipar divulgação de pontos da política industrial

O ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, informou hoje que o governo vai anunciar medidas pontuais de incentivo à indústria, antes do anúncio oficial da política industrial, que deverá ser feito até 31 de março. "Por que esperar até 31 de março, se existe consenso?", disse Furlan, após se reunir com o ministro da Fazenda, Antonio Palocci. Ele disse que assim que forem tomadas, as decisões serão divulgadas, como ocorreu com a redução do IPI sobre bens de capital. "A política industrial não é um pacote", afirmou.Evitando especificar as medidas, Furlan informou apenas que elas serão voltadas principalmente para as quatro áreas prioritárias: bens de capital, semicondutores, softwares e fármacos. Furlan informou também que serão adotadas medidas de desburocratização e abertura de linhas de crédito, como o financiamento de máquinas e equipamentos (Modermaq). De acordo com ele, as medidas pontuais serão divulgadas após o carnaval.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.