Furnas pode ser privatizada ainda este ano

O presidente da Eletrobrás, Firmino Sampaio Neto, acredita que a privatização de Furnas poderá ocorrer ainda este ano se o governo definir até março se pretende ou não cindir a companhia. "Precisamos de oito ou nove meses para preparar a privatização. Portanto, é possível fazê-la ainda este ano se a decisão sobre o formato for tomada até março", declarou. Firmino explicou que as opções são vender a companhia em bloco ou criar uma empresa para a área de geração e outra para a área de transmissão. "Aquela idéia de criar duas empresas de geração já está morta há muito tempo", afirmou o executivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.