Reuters
Reuters

seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Fusão cria maior produtora de bananas do mundo

Americana Chiquita Brands International  e a irlandesa Fyffes anunciaram acordo de US$ 526 milhões para formar grupo que vai produzir 180 milhões de caixas de banana por ano

Reuters,

10 de março de 2014 | 12h51

DUBLIN - O produtor americano de frutas Chiquita Brands International e a sua rival irlandesa Fyffes, maior distribuidor da Europa, anunciaram um acordo de fusão com troca de ações para criar a maior empresa produtora de bananas do mundo.

O mercado global de bananas é controlado atualmente por quatro empresas multinacionais, segundo a Organização para as Nações Unidas (ONU): Chiquita, Fresh Del Monte, Dole Food Company, fundada no Havaí, e a Fyffes.

 

Com o acordo de US$ 526 milhões, a nova empresa denominada ChiquitaFyffes contará com quase 14% de participação no mercado mundial de bananas com US$ 4,6 bilhões em faturamento anual.

"As primeiras três companhias em uma escala global não estão tão longe umas das outras, mas a Fyffes fez um bom acordo. Agora que se criou a empresa número um, haverá certo ímpeto para uma maior consolidação no setor", disse David Holohan, analista da consultoria Merrion Stockbrokers em Dublín, na Irlanda.

A Chiquita e a  Fyffes vendem 180 milhões de caixas de bananas ao ano, enquanto a concorrente Del Monte vende 117 milhões e a Dole vende 110 milhões de caixas.

Ganhos. O mercado espera que a fusão das duas gigantes do mercado de bananas leve a avanços operacionais e ganhos de ao menos US$ 40 milhões adicionais até o fim de 2016.

O acordo está sujeito a uma revisão por parte das autoridades reguladoras do mercado, mas segundo Holahan é improvável que isso venha a criar exigências legais. Isso porque as duas companhias operam principalmente em mercados distintos, nos Estados Unidos e na Europa.

A ChiquitaFyffes terá um valor de mercado de US$ 1,1 bilhão. Os acionistas da Chiquita terão cerca de 50,7% da nova empresa, enquanto os acionistas da Fyffes terão 49,3%, informaram as empresas.

Comercial da banana Fyffes:

Mercado. As ações da Fyffes subiam cerca de 30% na manhã desta segunda-feira, 10, por causa da fusão. As demais empresas do setor também foram beneficiadas com altas semelhantes.

Os acionistas da Chiquita receberam uma ação da nova companhia para cada ação que detinham. Os acionistas da Fyffes reciberam 0,1567% de uma nova ação para cada uma de suas ações.

A ChiquitaFyffes estará cotada na bolsa de Nueva York, apesar de ficar sediada na Irlanda.

Brasil. A banana é a segunda fruta mais produzida no Brasil, atrás da laranja. Em 2004 a produção nacional foi de 6,5 milhão de toneladas, o que coloca o Brasil na terceira colocação entre os maiores produtores mundiais. O maior produtor é a Índia, com 16 milhões de toneladas, e depois o Equador, com pouco mais de 6,5 milhões de toneladas.

Comercial da banana Chiquita para o cinema nos anos 1940:

Tudo o que sabemos sobre:
banana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.