Fusão da Varig-TAM é retomada após queda de liminar

O economista Luciano Coutinho, que prepara o processo de fusão das companhias Varig e TAM, disse hoje, ao sair de uma reunião com o ministro da Defesa, José Viegas, que o negócio foi reativado depois da derrubada da liminar que impedia a operação, nesta tarde, pela Justiça do Rio de Janeiro. Segundo ele, ainda não foi marcada uma data para a assinatura do acordo. "O processo apenas se restabeleceu há cinco minutos e será o mais rápido possível dentre os elementos de segurança jurídica necessários", afirmou. "A fusão é alternativa fundamental e sem elas não tem solução para o transporte aéreo brasileiro".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.