Fusão de Tavex com Santista aumentará receita em 43%

A fusão fábrica Santista Têxtil com a espanhola Tavex Algodonera gerará um aumento de 43% de sua receita conjunta nos próximos três anos, para 600 milhões de euros. Foi isso que afirmou, nesta terça-feira, o presidente da Tavex, Enrique Garrán, adiantando que a companhia resultante da fusão deve alcançar um faturamento anual de 1 bilhão de euros a partir de 2012, o que representaria um aumento de 138% sobre os 420 milhões de 2005.A integração das duas companhias elevará o resultado líquido de exploração (Ebitda) da nova sociedade para 25 milhões de euros ao ano a partir de 2008.A companhia prevê, além disso, duplicar sua capacidade de produção e alcançar 250 milhões de metros de jeans por ano, transformando-se, desta maneira, no meio produtor do tecido do mundo. Com isso, sua cota de mercado oscilará entre 10% e 15%, mediante aquisições e novas implantações.InvestimentoAssim, nos próximos cinco anos, a companhia investirá aproximadamente 300 milhões de euros em intensificar sua presença e atividade comercial na América Central, e, em uma fase posterior, na Ásia e na Austrália.Garrán explicou que a fusão responde à necessidade de concentração dentro do setor têxtil mundial, até agora muito fragmentado, e representa um passo para atender uma demanda cada vez mais globalizada.Além disso, ambas as empresas compartilham estratégia e experiência internacional, já que a Santista opera no Brasil, Argentina e Chile e a Tavex na Espanha, Marrocos e México, embora exportem para todo o mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.