Fusão do La Caixa e Banca Civica formará maior banco da Espanha

Segundo o jornal El País, o banco La Caixa poderá pagar menos de 2,2 euros por ação para absorver a Banca Cívica

Andréia Lago, com informações da Dow Jones,

26 de março de 2012 | 13h14

A proposta de fusão entre os bancos espanhóis La Caixa e Banca Cívica, se aprovada, poderá criar o maior banco da Espanha em ativos, com 340 bilhões de euros, ultrapassando o BBVA e o Santander. O negócio, se aprovado pelos conselhos dos dois bancos, deve ser fechado após semanas de negociações.

Segundo o jornal El País, o banco La Caixa poderá pagar menos de 2,2 euros por ação para absorver a Banca Cívica, que foi o preço de fechamento das ações do banco na última sexta-feira. "A oferta está mais próxima de 2 euros por ação do que de 2,2 euros", informou uma fonte próxima das negociações à Dow Jones.

A operação levou a Comissão Nacional de Mercado de Valores (CNMV, na sigla em espanhol, a CVM local) a suspender as negociações com as ações das duas instituições no pregão da Bolsa de Madri hoje.

A reunião do conselho do La Caixa para avaliar a operação começou às 12h30 (de Brasília), e o conselho da Banca Cívica está reunido desde as 12h (de Brasília).

Tudo o que sabemos sobre:
EspanhaLa CaixaBanca Cívica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.