Futuro dos funcionários da GM está sendo decidido neste momento

Reunião prevista para começar às 11h teve um atraso de 30 minutos e não há previsão para o término 

Gerson Monteiro, especial para o Estado,

25 de julho de 2012 | 12h14

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - Uma reunião na prefeitura de São José dos Campos, no Vale do Paraíba, está acontecendo neste momento com os representantes da General Motors, governos municipal, estadual e federal e Sindicato dos Metalúrgicos.

A reunião prevista para começar às 11h teve um atraso de 30 minutos para o início e não há previsão para o término. Estão reunidos no Paço Municipal de São José dos Campos, o diretor de Assuntos Institucionais da GM, Luiz Moan; o secretário de relações do Ministério do Trabalho e Emprego, Manoel Messias Nascimento Melo; o Superintendente Regional do Ministério do Trabalho, José Roberto Melo; o representante do governo do Estado, Luiz Antonio Adriano; o prefeito Eduardo Cury (PSDB); e sindicalistas.

Em pauta está o fechamento do setor de montagem de veículos automotores (MVA) e a demissão de aproximadamente 2 mil funcionários, entre os metalúrgicos do MVA e outros setores.

Tudo o que sabemos sobre:
GMgreve

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.