G-20 discutirá metas de conta corrente, diz Coreia do Sul

País asiático afirma que é neutro no debate sobre o assunto

Reuters,

28 de outubro de 2010 | 07h47

O Grupo das 20 maiores economias deve continuar a discutir a possibilidade de estabelecer metas de conta corrente na cúpula da Coreia do Sul em novembro, disse o ministro das Finanças sul-coreano, Yoon Jeung-hyun, nesta quinta-feira.

"Nós somos neutros na proposta de estabelecer metas de conta corrente", disse ele.

Yoon pareceu ter uma posição equilibrada sobre a chance do banco central sul-coreano elevar os juros na reunião de novembro.

"Há alguns que apoiam elevações da taxa de juro, e outros que não. Frente às preocupações de preços e inflação, parece necessário elevar as taxas de juros", disse ele.

"Por outro lado, a dívida do consumidor é grande e nós precisamos crescer mais, agora não é o momento de elevar as taxas de juros. Há essas visões."(Kim Yeonhee e Cheon Jong-woo)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.