G-20 não aceita pré-condições para negociar na OMC

O grupo liderado pelo Brasil, Índia, China e outros 14 países não aceitará a imposição de pré-condições para que as negociações agrícolas avancem na OMC, como sugerem os EUA e a União Européia. Hoje, o grupo se reuniu na sede da missão do Brasil em Genebra por três horas em um encontro caracterizado como "denso" pelos participantes.A reunião marcou o início da preparação do grupo para a nova fase de negociações da OMC, aberta nesta semana. Apesar do anúncio do diretor da OMC, Supachai Panitchpakdi, de que o processo será inaugurado pelo debate sobre agricultura, o G-20 reiterou que não aceitará pedido de uma abertura extra antes de saber o que irá ganhar no setor agrícola. Na reunião de hoje, o grupo de países em desenvolvimento mostrou que pretende seguir unido nas conversações. "Reafirmamos a coesão do grupo. A harmonia entre os membros é grande", afirmou o embaixador do Brasil em Genebra, Luiz Felipe de Seixas Correa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.