G-20 precisa aprovar Basileia 3 em novembro, diz membro do BCE

Para Axel Weber, acordo precisa ser implementado globalmente como defesa contra crises financeiras 

Regina Cardeal, da Agência Estado,

29 de setembro de 2010 | 11h29

O Grupo dos 20, que reúne as maiores economias industrializadas e emergentes, precisa desempenhar seu papel e aprovar o novo acordo sobre normas para os bancos conhecido como Basileia 3 em sua reunião em novembro, disse o presidente do banco central da Alemanha (Bundesbank), Axel Weber, que é também membro do conselho diretor do Banco Central Europeu (BCE).

Falando em um fórum financeiro, Weber disse que o novo acordo precisa ser implementado globalmente como uma primeira linha de defesa essencial contra crises financeiras. Weber destacou que alguns elementos do pacote precisam ser aprimorados. Ele citou os colchões de capital anticíclicos e as exigências de colchões de liquidez entre as propostas que precisam de ajustes.

Ele ponderou que as novas regras de Basileia são apenas parte da solução, uma vez que as crises passadas mostraram que mesmo bancos saudáveis podem ter problemas quando o sistema financeiro sofre abalos. "O forte compromisso político" ainda é necessário para encontrar uma solução confiável para o problema dos bancos "grandes demais para falir", disse Weber. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.