"be water"

Coluna Leandro Miranda: como se moldar à nova economia após a covid-19?

G-20 precisa entregar mensagem de união, diz Obama ao 'FT'

Presidente norte-americano nega comentários de que haveria divisão entre os Estados Unidos e a Europa

Nathália Ferreira, da Agência Estado,

30 de março de 2009 | 16h42

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou em entrevista ao jornal Financial Times antes do encontro do G-20 que os líderes mundiais estão cientes de que precisam "entregar uma forte mensagem de união". Ele também menosprezou os comentários de que haveria uma divisão entre o governo dos EUA e governos da Europa.

 

Veja também:

especialEntenda o que está em jogo na Cúpula do G-20, em Londres

 

Obama afirmou estar de acordo com o presidente da França, Nicolas Sarkozy, e a chanceler alemã, Angela Merkel, de que há necessidade de coordenar os planos de estímulo fiscal e elaborar novas regras para os mercados financeiros.

 

O presidente norte-americano disse ainda ao FT que há "uma preocupação legítima de que muitos países, já tendo iniciado pacotes de estímulo significativos, (primeiro) precisam ver se eles funcionam".

Tudo o que sabemos sobre:
Crise FinanceiraG-20Barack Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.