G-8 demonstra preocupação com alta recorde do petróleo

O G-8, o grupo dos oito países mais industrializados do mundo, junto com a China, Índia e Coréia do Sul, demonstrou "séria preocupação" neste domingo sobre as altas recordes dos preços do petróleo, e destacou que a eficiência energética é a forma mais imediata para mitigar o impacto disso nas economias. Num comunicado oficial, o G-8 disse que há uma "necessidade urgente" de investimento no setor mundial de energia, e pediu maior acesso às reservas mundiais de petróleo e gás natural. O comunicado foi divulgado no final da reunião dos ministros de Energia do G-8 e das três potências asiáticas, realizada em Aomori, no norte do Japão.O G-8 concordou em manter a Parceria Internacional para a Cooperação em Eficiência Energética com o objetivo de compartilhar experiências mais facilmente e facilitar "as ações do conselho".Os ministros também ressaltaram que os países precisam investir mais em tecnologias alternativas e desenvolvimento de fontes de energia renováveis. AS informações são da Dow Jones

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.