Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

G-8 discutirá dívida de países de baixa e média renda

Um documento, que deverá ser conhecido como a "abordagem de Evian", com propostas de mecanismos para reduzir a dívida externa dos países de baixa e média renda, sairá do encontro dos oito líderes das nações mais industrializadas do mundo (G-8) a ser realizado em Evian (França), durante três dias, a partir deste domingo. A informação foi dada hoje em Bruxelas por representantes comunitários da equipe do comissário europeu de economia e finanças. Segundo os especialistas, a redução da dívida será discutida dentro da questão da volatilidade dos mercados emergentes. "Vamos falar principalmente do enquadramento dessas dívidas, podendo avançar com a criação de cláusulas específicas", disse uma fonte da Comissão Européia, acrescentando que há muitas divergências entre os membros do G-8 sobre como fazer, mas existe consenso de que deverá ser firmado um compromisso nesse sentido. Os especialistas comunitários preferem não especificar quais seriam "os países emergentes" em questão, mas ao serem provocados sobre a possibilidade de Brasil ou Argentina estarem incluídos na lista dos emergentes, eles responderam que não. "Estamos falando dos países com menor desenvolvimento relativo", responderam as fontes.

Agencia Estado,

27 de maio de 2003 | 16h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.