Gabinete alemão aprova novo pacote de estímulo econômico

O gabinete da chanceler alemã, Angela Merkel, aprovou um pacote de estímulo de 50 bilhões de euros na terça-feira e um orçamento suplementar para bancar o plano, que inclui dezenas de bilhões de euros em novos empréstimos. O pacote, o segundo aprovado pela "grande coalizão" alemã como resposta ao aprofundamento da recessão do país, inclui investimentos em infraestrutura, cortes de impostos modestos e ajuda à problemática indústria automotiva do país. Uma autoridade governamental, que pediu para não ter o nome revelado pois a reunião de gabinete ainda não havia terminado, confirmou que o pacote foi aprovado. O orçamento suplementar calcula uma expansão do crédito novo para 36,8 bilhões de euros em 2009, mais de três vezes maior que os níveis de 2008. O dado sobre crédito real neste ano, no entanto, se aproximará de 50 bilhões de euros, segundo autoridades governamentais do primeiro escalão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.