Gabrielli diz que a era do petróleo barato já passou

Apesar do cenário de retração da economia mundial, o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, acredita que a tendência para o preço do petróleo é de crescimento. "A era do petróleo barato já passou", disse ele. Segundo Gabrielli, vem ocorrendo um deslocamento da demanda pelo insumo nos últimos anos. Enquanto a demanda dos Estados Unidos, da Europa e do Japão passam por uma estagnação, a dos países emergentes vem crescendo a passos mais largos. Tanto que, nos últimos cinco anos, a demanda mundial subiu de 83 milhões de barris para 87 milhões de barris por dia.

MÔNICA CIARELLI, Agencia Estado

23 de novembro de 2011 | 14h23

Gabrielli lembra que, mesmo que a demanda se mantenha nesse nível, será necessário acrescentar ao longo dos próximos 30 anos de 45 milhões a 65 milhões de barris só para compensar o declínio de produção dos campos atuais. O executivo participa de um seminário sobre petróleo e gás no Rio de Janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleoGabrielli

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.