Juros

E-Investidor: Esperado, novo corte da Selic deve acelerar troca da renda fixa por variável

Gabrielli: 'Não disse que não vamos baixar gasolina'

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, esclareceu hoje que suas recentes declarações sobre o preço da gasolina não significam que a empresa não vai reduzir o preço do combustível. "Não estou dizendo que não vamos baixar o preço da gasolina. O que estou dizendo é que é preciso um certo horizonte de estabilidade para que ajamos de forma consequente e responsável, de acordo com a nossa política nos últimos seis anos, ou vamos introduzir no Brasil a gangorra dos preços internacionais", disse Gabrielli ao deixar audiência pública das comissões de Minas e Energia e de Desenvolvimento Econômico da Câmara dos Deputados.

LEONARDO GOY, Agencia Estado

25 de março de 2009 | 16h31

Ele disse que, hoje, comparando os preços do petróleo e os praticados nas refinarias, a Petrobras não está tendo prejuízo. Mas reforçou que a empresa não repassa variações sazonais para o preço no mercado interno. "Pretendemos baixar o preço da gasolina e do diesel quando tivermos os níveis de estabilização", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
gasolinaPetrobras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.