Gandra: fim de deduções do IR é legal

O tributarista Ives Gandra Martins considera "legal, porém, ilegítima" a proposta em estudo no governo de acabar com as deduções no Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF), como as despesas com saúde, educação e dependentes. De acordo com ele, "quem vai pagar mais com isso são os pequenos porque para o cidadão que ganha muito as deduções representam pouco, mas para quem ganha pouco as deduções representam muito". Segundo Gandra Martins, muitas pessoas que hoje são isentas passariam a pagar. "Essa idéia é de uma tributação às avessas, atingiria mais os que têm menos, é injusta e não tem sentido."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.