Ganho em 14 dos 15 setores negociados na Bovespa

Dos 15 setores mais representativos da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), 14 tiveram saldo positivo no primeiro trimestre do ano, segundo divulgou a Bolsa nesta quinta-feira. No período, a movimentação foi de R$109,8 bilhões em 2,3 milhões de negócios. A maior lucratividade ficou a cargo do setor Construção e Engenharia, com valorização de 50,6% nos três primeiros meses deste ano. O maior valor de mercado ficou a cargo do Financeiro, totalizando 290,9 bilhões. Já o setor Telecomunicações liderou o número de negócios no período, com 422.867 operações, e o de Petróleo e Gás movimentou o maior volume financeiro, R$ 20,4 bilhões. Variação superior Dos 15 setores analisados, nove apresentaram variação superior à registrada pelo Ibovespa - índice que mede o desempenho das ações mais negociadas na Bolsa -, que acumulou alta de 13,4% nos três primeiros meses do ano. São eles: Construção e Engenharia, com 50,6%; Energia Elétrica, com 46,9%; Eletrodomésticos, com 42,9%; Máquinas e Equipamentos, com 34,7%; Comércio, com 31,1%; Siderurgia, com 26,8%; Papel e Celulose, com 21,0%; Financeiro, com 20,2%; e Transporte, com 15,8%. Esses nove setores englobam 145 empresas, representam 48,3% do valor total de mercado e, no primeiro trimestre do ano, responderam por 42,7% dos negócios e 41,3% do volume financeiro à vista na Bolsa. Desempenho inferior Com desempenho abaixo do índice figuram os segmentos Mineração, com 11,5%; Telecomunicações, com 9,2%; Alimentos, com 8,8%; Tecidos, Vestuário e Calçados, com 6,9%; e Petróleo e Gás, com 4,8%. Apenas Petroquímica, que retraiu 4,55%, acumulou resultado negativo no período. O grupo é composto por 232 empresas, que somam um valor de mercado de R$ 1,1 trilhão, e representa 86,2% da capitalização total. Setores analisados O levantamento considerou os setores Alimentos (20 empresas), Comércio (14), Construção e Engenharia (18), Eletrodoméstico (4), Energia Elétrica (33), Financeiro (29), Máquinas e Equipamentos (16), Mineração (2), Papel e Celulose (8), Petróleo e Gás (5), Petroquímica (13), Siderurgia; (8), Tecido, Vestuário e Calçados (28), Telecomunicações (19) e Transporte (15).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.