Ganhos melhores para quem diversifica aplicações

A primeira idéia das pessoas que já pagaram suas dívidas e estão com saldo positivo na conta corrente é destinar os recursos a alguma aplicação financeira. Para a maioria delas, o destino de seus recursos será a tradicional caderneta de poupança. Porém, estudo da Invest Tracker mostra que os investidores que optaram por deixar seu dinheiro aplicado na poupança nos últimos três anos tiveram uma ganho inferior de até 16% em relação à um fundo de investimento de renda fixa pós-fixado (DI), produto destinado aos investidores que não querem correr riscoO estudo levou em consideração uma aplicação inicial de R$ 1.000,00 em janeiro de 1997 e depósitos mensais de R$ 100,00 até dezembro de 2000. O saldo final obtido pela poupança foi de R$ 7.648,32. Nos fundos, já descontando o Imposto de Renda, o mesmo saldo seria de R$ 8.013,96, uma ganho superior de 5%. Ao comparar com os melhores fundos pelo ranking da Invest Tracker, os premiados com quatro e cinco estrelas, a diferença chega a 16% em relação à poupança. Apesar de ser uma aplicação pouco rentável - 0,5% ao mês mais a variação da Taxa Referencial (TR) - em comparação com as demais oferecidas pelo mercado, a poupança tem forte apelo entre a população por ser um investimento seguro, além da garantia de R$ 20 mil oferecida pelo governo em caso de problemas financeiros com a instituição onde os recursos estão depositados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.