Gás importado da Bolívia fica 3,8% mais caro

O preço do gás boliviano importado pelo Brasil subiu 3,86% no início do ano. A alta faz parte do sistema trimestral de reajustes, previsto em contrato, que acompanha as cotações do preço do petróleo no mercado internacional. Segundo levantamento feito pelo site boliviano HidrocarburosBolivia.com, trata-se do sétimo aumento seguido no preço do gás vendido à Petrobrás, que hoje custa US$ 6,45 por milhão de BTU (unidade de medida de poder calorífico).

Nicola Pamplona, O Estado de S.Paulo

20 de janeiro de 2011 | 00h00

"O preço do petróleo vem subindo no exterior, é natural que, pela aplicação da fórmula, o gás boliviano suba também", comentou o especialista Marco Tavares, sócio da consultoria GasEnergy. A fórmula acompanha a variação de cesta de óleos combustíveis nos dois trimestres anteriores ao reajuste.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.