Gás industrial terá preço reduzido em 11,7% amanhã

A Petrobras vai reduzir em 11,7% o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) para uso comercial e industrial a partir de amanhã. De acordo com o diretor de abastecimento da empresa, Rogério Manso, a redução será possível porque a empresa está deixando de cobrar a parcela de custo de importação do produto. "Desde o segundo semestre do ano passado, o preço do gás comercial e industrial era acrescido de valor correspondente às importações. A partir deste mês não cobraremos mais este valor", disse.Manso informou ainda que a empresa já definiu que o percentual de redução da nafta será 33% e do querosene de aviação, de 21,7%. Os novos preços também vigoram a partir de amanhã. Segundo o diretor da Petrobras, o gás de cozinha para consumo residencial pode cair a partir de junho, caso a tendência de queda do dólar e do petróleo se mantenha. Ele disse que se a tendência se confirmar, os preços dos outros combustíveis também podem sofrer nova redução nos próximos meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.