Gasolina deve subir R$ 0,03 na bomba, diz Fecombustíveis

A Federação Nacional dos Revendedores de Combustíveis (Fecombustíveis) informou que o preço da gasolina deve aumentar em apenas R$ 0,03 na média do País, e o diesel, outros R$ 0,06, também na média nacional apurada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). Segundo o presidente da Fecombustíveis, Luiz Gil Siuffo, o impacto deve ser bastante reduzido e não deve alterar a curva de consumo que vem crescendo este ano sobre 2003. "O impacto é quase insignificante", comentou.Ele lembrou que o impacto no diesel, que poderia ser um pouco maior, deverá se diluir com o início da safra das principais culturas do País, como a soja e o milho, que acabam puxando o consumo. O presidente da Federação estima ainda que, a margem apertada com a qual os postos estão trabalhando ultimamente, devem obrigar o repasse deste reajuste. Em sua opinião, poucos postos vão segurar o reajuste que vier da distribuidora. "Infelizmente a concorrência desleal de revendedores que sonegam impostos e adulteram combustíveis, obriga a prática de uma margem contida. Nos casos destes postos fraudadores, o reajuste não significa nada, mas para quem vive na legalidade, é impensável não aumentar os preços", argumentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.