seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Gasolina segue ainda mais barata no Brasil do que no exterior

Os preços da gasolina e do óleo diesel, que são administrados pelo governo, continuam mais baratos no Brasil se comparados com os vigentes no mercado externo. Na comparação com o final do ano passado, não só os preços internos ficaram para trás como a diferença entre os preços aqui e lá foi intensificada. A comparação foi feita pela equipe de economistas da RC Consultores com base nos dados de junho disponíveis até hoje.De acordo com os cálculos dos analistas da RC, a gasolina registra atraso no preço de 18,6% comparando-se ao mercado internacional e o óleo diesel, de 17,7%. Para obter estes porcentuais, os economistas consideraram que o preço médio da gasolina no Exterior é de R$ 1,25 por litro e aqui, de R$ 1,02. No caso do óleo diesel, o preço internacional é de R$ 1,39 por litro e o doméstico, de R$ 1,14.Não só a defasagem dos preços internos começou no início deste ano como foi intensificada desde então. Em dezembro do ano passado, os economistas da RC apuraram que o preço da gasolina comercializado no Exterior era mais baixo, de R$ 0,94, e aqui, de 1,02%, uma diferença de 8,5%. No caso do diesel, ainda na comparação com o final de 2005, a diferença era de 3,6%, com os preços internos em R$ 1,14 por litro e os externos, em R$ 1,10.Para julho, os profissionais prevêem que os preços domésticos mantenham essa ordem de atraso. "Isto porque, a perspectiva de modesto declínio dos preços internacionais da gasolina e do óleo diesel (em relação a junho) tende a ser neutralizada pela expectativa de leve desvalorização do Real frente ao dólar", afirmaram.

Agencia Estado,

29 de junho de 2006 | 17h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.