finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Gasto com construção nos EUA tem maior alta em 1 ano em setembro

Os gastos com construção nos Estados Unidos registraram a sua maior alta em um ano em setembro, informou o Departamento do Comércio nesta segunda-feira. O resultado foi impulsionado por um ritmo recorde em obras públicas e pela maior expansão em mais de seis anos nas construções privadas residenciais.

REUTERS

02 de novembro de 2009 | 14h32

O Departamento do Comércio disse que os gastos com projetos de construção subiram 0,8 por cento, para 940,3 bilhões de dólares, após recuarem 0,1 por cento em agosto. O dado de agosto foi revisado de uma alta inicialmente calculada em 0,8 por cento.

Analistas consultados pela Reuters estimavam uma queda de 0,2 por cento.

As construções públicas, impulsionadas pelos bilhões de dólares dos planos de estímulo econômico dos Estados Unidos, aumentaram 1,3 por cento, para 326,4 bilhões de dólares, o maior incremento de todos os tempos, após recuarem 1,1 por cento em agosto.

Os projetos de moradias cresceram 3,9 por cento, o maior ganho desde o acréscimo de 4,2 por cento em julho de 2003, em um sinal de que o fortalecimento pode estar retornando para o devastado setor imobiliário residencial. A elevação de 4,7 por cento de agosto foi revisada para alta de 3,8 por cento.

(Reportagem de Lisa Lambert)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAGASTOSCONSTRUCAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.