finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Gasto com servidor federal deve aumentar até 5%

As despesas com pessoal do governo federal poderão aumentar entre 4% e 5% por ano no período entre 2002 e 2010, segundo um relatório sobre o Brasil divulgado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) em sua página na Internet. O aumento, na opinião contida no estudo do fundo, deverá ocorrer em função dos processos de reestruturação do plano de carreiras do funcionalismo público e de concessão de aumentos salariais a setores específicos do servidores federais. Apesar destas projeções, o FMI ressalta no relatório o esforço feito pelo governo nos últimos cinco anos para evitar um aumento generalizado dos gastos com pessoal. O fundo também diz em seu relatório que a cobrança de contribuição previdenciária dos servidores aposentados e dos militares seria "altamente desejável" por razões fiscais e de eqüidade de tratamento.

Agencia Estado,

31 de janeiro de 2001 | 16h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.