Gasto de brasileiro no exterior é recorde em janeiro

O ano de 2010 começou com resultado recorde na conta de viagens internacionais. Em janeiro, o gasto dos brasileiros no exterior superou a receita obtida com estrangeiros no Brasil em US$ 650,4 milhões, o que transformou o primeiro mês do ano no pior janeiro da série histórica iniciada em 1969. Mesmo com a recente oscilação do real, o aumento da renda tem sustentado a ida de turistas ao exterior.

FERNANDO NAKAGAWA E FABIO GRANER, Agencia Estado

23 de fevereiro de 2010 | 19h44

Dados divulgados hoje pelo Banco Central mostram que os brasileiros gastaram US$ 1,216 bilhão em passeios por outros países em janeiro. É como se os turistas deixassem no exterior US$ 1,63 milhão a cada hora ou pouco mais de US$ 27 mil a cada minuto de janeiro. Já o gasto de estrangeiros em turismo no Brasil somou US$ 566 milhões em todo o mês passado. Em fevereiro, o rombo na conta de turismo continua. Dados preliminares mostram que o déficit já acumula US$ 395 milhões até hoje.

O aumento dos saldos negativos da conta de turismo é explicada por dois fatores. No Brasil, o aumento da renda incentiva a ida para outros países mesmo com a oscilação do câmbio. Ao mesmo tempo, a atração de estrangeiros para o Brasil tem sido prejudicada porque muitas economias desenvolvidas - de onde vem a maioria dos turistas para o País - ainda não se recuperaram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.