carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Gasto pessoal sobe em julho nos EUA; renda fica estável

O gasto pessoal nos Estados Unidos subiu em julho, mostraram dados nesta sexta-feira, puxado pelo programa de incentivo de troca de carros antigos que aumentou a demanda por veículos.

REUTERS

28 de agosto de 2009 | 10h11

O Departamento de Comércio informou que o gasto aumentou 0,2 por cento, após alta revisada para 0,6 por cento em junho. A leitura inicial de junho foi de ganho de 0,4 por cento.

Analistas consultados pela Reuters previam que o consumo, que responde por cerca de 70 por cento da atividade econômica dos EUA, avançasse 0,2 por cento em julho.

Com ajuste à inflação, o gasto pessoal subiu 0,2 por cento, após avanço de 0,1 por cento em junho.

A renda pessoal ficou estável em julho, segundo o departamento, enquanto analistas consultados pela Reuters projetavam uma alta de 0,2 por cento. A renda real disponível ganhou 0,1 por cento.

Com o declínio da renda disponível, a poupança caiu para a taxa anualizada de 458,5 bilhões de dólares, levando a taxa de poupança a ceder para 4,2 por cento, frente a 4,5 por cento em junho, divulgou o departamento.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROGASTOPESSOALEUAJULHO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.