Gastos com consumo nos EUA são revisados para alta de 2,5%

Dado anterior previa alta nos preços de 2,3%; índice é uma das medidas de inflação do PIB americano 

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

26 de março de 2010 | 10h11

O índice de preços para gastos com consumo pessoal (PCE), uma das medidas de inflação do PIB norte-americano, subiu 2,5% no quarto trimestre, informou o Departamento do Comércio na revisão final do relatório sobre o desempenho da economia norte-americana. Na revisão anterior, o índice PCE havia subido 2,3%. A revisão em alta reflete aumento nos preços dos serviços financeiros, de seguros e dos serviços de saúde. O núcleo do PCE, que exclui alimentos e energia, subiu 1,8%, segundo a revisão final, acima do calculo anterior de aumento de 1,6%.

 

O índice de preços para compras brutas domésticas, que avalia os preços pagos pelos residentes norte-americanos, subiu 2% no quarto trimestre, acima da previsão anterior de alta de 1,9%. O índice de preços em cadeia do PIB avançou 0,5%; anteriormente, o Departamento do Comércio havia estimado alta de 0,4%. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
EUAconsumogastosalta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.