Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Gastos de brasileiros em viagens ao exterior caem 62% em um ano

Com a escalada do dólar e a crise econômica do País, turistas apertaram as contas e desembolsaram US$ 840 milhões em viagens internacionais em janeiro

Célia Froufe e Victor Martins, O Estado de S.Paulo

23 Fevereiro 2016 | 11h17

BRASÍLIA - Crise econômica e dólar elevado já surtem efeito nos gastos de brasileiros no exterior. Em janeiro, os turistas desembolsaram US$ 840 milhões em viagens internacionais, uma queda de 62% em relação a janeiro de 2015, quando a soma foi de US$ 2,2 bilhões.

Em contrapartida, as receitas obtidas com turistas estrangeiros em passeio pelo País somaram US$ 650 milhões. 

Apesar de janeiro ainda ser mês de férias, a conta de viagens internacionais registrou um déficit de US$ 190 milhões no período - o menor já observado pelo Banco Central para qualquer mês desde 2010, quando teve início a série da instituição. Em janeiro do ano passado, quando o dólar ainda não pesava tanto na conta dos turistas como recentemente, o déficit havia sido de US$ 1,671 bilhão.

Para este ano, o BC projeta que a conta de viagens vai fechar deficitária em US$ 9 bilhões. Em 2015, o saldo ficou deficitário em US$ 11,513 bilhões, sofrendo impacto de valorização de 47% da moeda. 

"Câmbio, atividade econômica impactando renda e a taxação de remessas ao exterior afetando as empresas de viagens contribuíram para diminuir os gastos fora do País", explicou o chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel.

Mais conteúdo sobre:
Dólar Banco Central Turismo Viagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.