Gastos de consumidor francês têm leve alta em agosto

Os gastos dos consumidores da França cresceram ligeiramente em agosto, em grande parte como resultado da elevação das despesas com automóveis e energia, depois de uma pequena queda em julho, informou hoje a agência nacional de estatísticas (Insee). Os gastos dos consumidores da segunda maior economia da zona do euro subiram 0,2% em agosto na comparação com julho, depois de terem caído 0,2% em julho na comparação com junho.

HÉLIO BARBOZA, Agencia Estado

30 de setembro de 2011 | 09h17

A agência revisou para baixo sua estimativa de crescimento mensal dos gastos dos consumidores em junho, para 0,9%, de uma estimativa inicial de 1,2%.

A Insee também divulgou hoje o índice de preços ao produtor da França, que ficou estável em agosto, com energia, bens industrializados e alimentos no mesmo nível de julho.

Em relação ao mesmo mês do ano passado, porém, os preços de energia e bens industrializados subiram 6,7% e 6,2%, respectivamente. Os preços no atacado de alimentos tiveram alta de 6,8% sobre os de agosto de 2010. O índice global subiu 6,3% nessa comparação. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Françaconsumoinflaçãoagosto 2011

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.