finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Gastos de estrangeiros com cartão no Brasil crescem 17%

Os gastos de turistas estrangeiros com cartão de crédito no Brasil tiveram crescimento de 17,2% no ano passado ante 2011, totalizando R$ 9,7 bilhões. Os dados são da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs). "Esse número deve crescer ainda mais em 2013 com a realização de eventos sazonais como a Copa das Confederações e a Jornada Mundial da Juventude", avaliou Marcelo Noronha, diretor presidente da Abecs.

ALINE BRONZATI, Agencia Estado

23 de abril de 2013 | 12h53

Já o valor total de gastos de brasileiros com cartão de crédito no exterior cresceu num ritmo menor, alta de 13,4% em 2012 ante o ano imediatamente anterior, atingindo R$ 24 bilhões. No ano passado, a indústria de cartões de crédito e débito avançou 18%, alcançando faturamento de R$ 724,3 bilhões, na mesma base de comparação.

Quando considerados os gastos segmentados por regiões brasileiras com cartões de crédito, o Centro-Oeste se destacou com faturamento de R$ 32 bilhões e alta de 20,5% no ano passado em relação a 2011. A Região Sul veio em seguida, com expansão de 18,4%, na mesma base de comparação. No débito, o Sul se destacou com avanço de 23%, seguido por Nordeste (22,9%), Norte (21,9%), Centro-Oeste (20,8%) e Sudeste (19,5%).

Nota-se ainda que, conforme a Abecs, o crescimento da aceitação de cartões de crédito em nichos não tradicionais. Em 2012, o maior avanço visto, segundo a entidade, foi no setor primário, indústria e serviços básicos (26%). No débito, o setor primário também se sobressaiu com aumento de 33% no faturamento em 2012 frente o ano anterior.

Para este ano, os segmentos com maior potencial são o de saúde e educação. A expectativa da entidade para 2013 é de que a indústria brasileira de cartões de crédito e débito cresça 16,9% ante o ano passado, alcançando faturamento de R$ 847 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
abecsresultadosestrangeiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.