Gastos do consumidor da França sobem mais do que o previsto em março

Após cair nos dois primeiros meses do ano, índice avança 1,2%

Danielle Chaves, da Agência Estado,

23 de abril de 2010 | 10h58

Os gastos do consumidor da França subiram mais do que o esperado em março, segundo a agência nacional de estatísticas, a Insee. Os gastos avançaram 1,2% em relação a fevereiro e 2,5% em relação a março do ano passado, depois de terem caído nos dois primeiros meses deste ano.

 

De acordo com uma pesquisa realizada pela Dow Jones, economistas esperavam um aumento de 0,5% no mês e de 2,1% no ano.

 

As compras de bens duráveis cresceram 1,2% em março ante fevereiro, sustentadas por um aumento nas vendas de carros, que agora estão de volta a níveis similares aos vistos no segundo semestre do ano passado.

A Insee também informou que os números sobre os gastos dos consumidores em fevereiro foram revisados para mostrar declínio de 1,4%, em vez da queda de 1,2% anunciada anteriormente. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Françagastosconsumidormarço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.