finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Gastos pessoais nos EUA tombam em outubro

Os consumidores dos Estados Unidos cortaram seus gastos durante o mês de outubro no ritmo mais acentuado em mais de sete anos, de acordo com relatório do Departamento de Comércio divulgado nesta quarta-feira, que ressalta os crescentes riscos de a economia do país estar caminhando rumo a uma profunda recessão. Os gastos tombaram 1 por cento, taxa levemente acima declínio de 0,9 por cento previsto por economistas de Wall Street. O Departamento revisou os dados sobre gastos de meses anteriores, o que mostra que outubro foi o quarto mês consecutivo em que os consumidores cortaram seus gastos correntes, o que significa uma perda importante de estímulo, uma vez que os gastos dos consumidores respondem por dois terços da atividade econômica dos Estados Unidos. (Reportagem de Glenn Somerville)

REUTERS

26 de novembro de 2008 | 12h26

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUARENDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.