coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Gates compra ações de farmacêuticas

A Cascade Investment LLC, de propriedade do presidente da Microsoft, Bill Gates, informou que adquiriu ações de diversas companhias farmacêuticas durante o primeiro trimestre, de acordo com o Form 13F apresentado ao Securities and Exchange Comission (SEC, a CVM norte-americana).A Cascade Investment informou 14 novos investimentos em 31 de março, em comparação com seus investimentos em 31 de dezembro de 2001. Houve apenas uma outra mudança reportada durante o trimestre, com a empresa de investimentos aumentando sua participação na Merck & Co em 359.000 ações, para 1,359 milhão de ações. Em 31 de março, o investimento na Merck somava um valor de pouco mais de US$ 78 milhões.As novas ações de companhias farmacêuticas adquiridas no primeiro trimestre foram: 261.000 ações da Abbott Laboratories; 325.000 ações da Bristol-Myers Squibb Co; 186.000 ações da Eli Lilly & Co; 490.000 ações da Johnson & Johnson; 1,040 milhão de ações da Pfizer Inc; 210.000 ações da Pharmacia Corp; 240.000 ações da Schering-Plough Corp e 225.000 ações da Wyeth.Em 31 de março, a participação acionária na Abbott Laboratories tinha um valor de US$ 13,9 milhões; na Bristol-Myers, US$ 13,1 milhões; na Eli Lilly, US$ 14,2 milhões; na Johnson & Johnson, US$ 31,9 milhões; na Pfizer, US$ 41,5 milhões; na Pharmacia, US$ 9,4 milhões; na Schering-Plough, US$ 7,5 milhões, e, na Wyeth, US$ 14,7 milhões.Alguns dos investimentos da Cascade Investment foram omitidos nos documentos apresentados à SEC sob o status de confidencial. Sob essa regra, a SEC permite que certos investimentos permaneçam confidenciais por até um ano para evitar uma reação severa do mercado. Por causa desses dados confidenciais, o volume total e a natureza dos investimentos da Cascade Investiment não são conhecidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.