Gazprom e Ucrânia firmam esperado acordo sobre gás

A estatal russa Gazprom anunciou ter alcançado um acordo com a vizinha Ucrânia sobre o fornecimento de gás natural, ao eliminar o intermediário envolvido nos contratos entre as duas partes.Desde o início do ano, os governos da Rússia e a Ucrânia têm se enfrentado por causa do atraso de pagamentos para o gás enviado para os ucranianos e que é repassada à Europa Ocidental. Em meio a disputa, a Gazprom reduziu drasticamente o fornecimento de gás para a ex-república Soviética, provocando temores no Ocidente de que Kiev poderia desviar os carregamentos destinados para a Europa, como fez ao enfrentar um problema similar em 2006.Pelos termos do acordo firmado hoje, a partir de dezembro de 2007 a Gazprom vai entregar no mínimo 49,8 bilhões de metros cúbicos de gás da Ásia Central por meio da rede de dutos diretamente para a estatal ucraniana de energia Naftogaz, por US$ 179,5 para cada 1 mil metros cúbicos. A partir de 2008, o grupo também vai entregar no mínimo 7,5 bilhões de metros cúbicos de gás russo por ano diretamente para os clientes ucranianos a US$ 315,00 para cada 1 mil metros cúbicos.A Gazprom, entretanto, revelou que as negociações sobre o fornecimento de gás da Ásia Central para a Ucrânia para os próximos anos continuam. Recentemente, a estatal informou que os países daquela região iriam buscar o mesmo patamar de preços da Europa para o seu gás natural a partir de 2009.O acordo também vai descartar o uso de companhias intermediárias obscuras como a UkrGazEnergo e a RosUkrEnergo - sendo que essa última tem seu controle compartilhado entre a Gazprom e dois executivos ucranianos. Isso dará a Gazprom acesso direto aos consumidores industriais ucranianos, fato que os analistas consideram que será positivo para o monopólio.Mas o pagamento pelos 5,2 bilhões de metros cúbicos de gás da Ásia Central que foram entregues para a Ucrânia em janeiro e fevereiro deste ano será estabelecido de acordo com o estabelecido anteriormente entre a RosUkrEnergo e a UkrGazEnergo, segundo a Gazprom.Com relação as entregas de gás da Rússia durante esses dois meses, a Gazprom comunicou que a Ucrânia irá pagar US$ 315,00 para cada 1 mil metros cúbicos pelo gás recebido em dinheiro ou com sua transferência para os estoques subterrâneos da empresa russa. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.