Gazprom reduzirá volume de gás para a Ucrânia em 25%

A Gazprom, monopolista estatal russa de gás, anunciou que reduzirá em 25% o fornecimento de gás para a Ucrânia, a partir das 4 horas (de Brasília) da próxima segunda-feira, cumprindo uma ameaça feita na última terça-feira.A Gazprom havia dado um ultimato na terça, quando disse que o país não cumpriu um acordo anterior entre os presidentes da Rússia e da Ucrânia. A estatal disse que está reduzindo o fornecimento porque "a situação não evoluiu" e "precisa preservar interesses econômicos". A companhia cobra da Ucrânia o pagamento de uma dívida de US$ 1,5 bilhão pelo fornecimento de gás. No fim do ano de 2005 e início de 2006, a Gazprom cortou temporariamente o fornecimento de gás para a Ucrânia, afetando também outros países europeus. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.