finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

GE apresenta plano de investimentos de US$ 550 milhões no Brasil

Os investimentos serão aplicados nas áreas de gás, petróleo e energia, equipamentos de saúde e tecnologia da informação

Leonencio Nossa, da Agência Estado,

16 de fevereiro de 2011 | 12h44

A direção da General Eletric (GE) apresentou à presidente Dilma Rousseff um plano de investimentos de US$ 550 milhões, nos próximos dois anos, em atividades no Centro de Inovação na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro. O encontro contou com as presenças dos ministros Aloizio Mercadante (Ciência e Tecnologia) e Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), além do presidente da GE no Brasil, João Geraldo Ferreira, e do presidente mundial da GE, Jaffrey Immelt.

Em entrevista após o encontro, Mercadante disse que os investimentos serão aplicados nas áreas de gás, petróleo e energia, equipamentos de saúde e tecnologia da informação. Serão gerados, segundo ele, mil empregos diretos, sendo que 200 para pesquisadores.

Mercadante ressaltou que serão registradas por residentes no Brasil todas as patentes que forem obtidas por meio de pesquisas do Centro de Inovação. Ele destacou ainda que a GE adquiriu nos últimos seis meses três empresas para fornecer produtos para a indústria do pré-sal.

João Geraldo Ferreira disse que a GE faturou no ano passado, no Brasil, US$ 2,6 bilhões e a expectativa é que o faturamento aumente 30% neste ano na comparação com 2010. Na avaliação de Ferreira, o Centro de Inovação se destaca pela proximidade de universidades e sedes de empresas parceiras. Há um acordo, segundo ele, na área técnica com a Petrobrás, mas Ferreira não quis dar detalhes.

Segundo ele, do total de US$ 550 milhões a serem investidos nos próximos dois anos, pelo menos, US$ 50 milhões serão investidos na capacitação de mão-de-obra local. A meta da GE é fornecer tecnologia a curto prazo para empresas como Petrobrás, Embratel e Vale.

O ministro Fernando Pimentel disse que o governo está fazendo "um grande esforço" para recuperar o papel do setor de bens e faturados ao qual está inserida a GE.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.