Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Geithner anuncia expansão de US$ 5 bi em programa de crédito

Governo dos EUA quer atrair mais investimentos privados para comunidades de baixa renda e criar empregos

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

30 de outubro de 2009 | 15h01

O secretário de Tesouro dos EUA, Tim Geithner, anunciou planos para expandir em US$ 5 bilhões um programa de crédito fiscal que tem como objetivo atrair investimentos privados para comunidades de baixa renda no país.

 

Veja também:

linkPIB confirma que 'recessão está diminuindo', diz Obama

especialUm ano após auge da crise, economia se recupera

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialDicionário da crise 

especialComo o mundo reage à crise 

 

"(O programa) Crédito Fiscal para Novos Mercados mostrou-se extraordinariamente eficiente na criação de empregos", disse Geithner em um discurso preparado. "Até hoje, mais de US$ 14 bilhões em capital do setor privado foram investidos em um total estimado de 2 mil empresas, dando suporte a aproximadamente 200 mil empregos."

 

O programa prevê crédito fiscal para pessoas físicas e jurídicas que façam determinados investimentos em comunidades de baixa renda. Em maio, o Departamento do Tesouro concedeu US$ 1,5 bilhão em créditos fiscais a unidades do JPMorgan Chase, do Capital One Financial e de 30 outras organizações por meio do programa.

 

Geithner também comemorou o crescimento de 3,5% no Produto Interno Bruto dos EUA durante o terceiro trimestre, embora tenha ressaltado que "um único trimestre de crescimento é apenas o primeiro passo" para a recuperação econômica. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.