finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Geithner: câmbio mais flexível ajudará a reparar desequilíbrios

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Timothy Geithner, afirmou no sábado que o G20 caminha gradualmente para encontrar formas de reduzir os desequilíbrios na economia mundial e disse que taxas de câmbio flexíveis podem ajudar nesse processo.

REUTERS

19 de fevereiro de 2011 | 14h10

Geithner repetiu, em declarações preparadas para a conclusão da reunião de dois dias com representantes da área financeira dos países do G20, que o iuan foi depreciado e que os países precisam colaborar para reduzir os desequilíbrios.

"Há um amplo consenso de que as principais economias, não apenas Europa, Japão e Estados Unidos, mas também as grandes economias emergentes, precisam permitir que suas taxas de câmbio sejam ajustadas em resposta às forças do mercado", disse Geithner.

(Reportagem de Glenn Somerville)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROG20GEITHNER*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.