Geithner incita Congresso dos EUA a ajudar donos de residências

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Timothy Geithner, pediu ao Congresso norte-americana nesta quarta-feira que aprove um plano de 5 bilhões de dólares a 10 bilhões de dólares visando a ajudar proprietários de residências que lutam para refinanciar seus imóveis a taxas de juros mais baixas.

REUTERS

28 de março de 2012 | 13h15

"Pedimos ao Congresso que avalie o plano do presidente para ajudar os proprietários a refinanciarem suas hipotecas para aproveitar as taxas mais baixas", disse Geithner a um painel do Congresso.

A mais recente proposta sobre habitação do presidente Barack Obama visa a ajudar proprietários de imóveis que foram impedidos de refinanciar suas moradias ao repassá-los para empréstimos apoiados pela Administração de Habitação Federal do governo.

A administração Obama estima que esse projeto pode atingir 3,5 milhões de americanos que não estão atualmente em empréstimos garantidos pelo governo. Outros 11 milhões de proprietários de imóveis, cujos empréstimos são apoiados pelas entidades controladas pelo governo Fannie Mae e Freddie Mac, também poderiam ser elegíveis.

Outros programas habitacionais do governo são projetados para ajudar os proprietários a modificarem seus empréstimos.

Geithner falou para um subcomitê da Câmara de Representantes para examinar o pedido do governo de orçamento para o ano fiscal que começa em outubro.

(Reportagem de Rachelle Younglai)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROGEITHNERCONGRESSO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.